14/05/2015

Entrevista - Sergio Junior, vulgo Dalsin - Belém (PA)

QUANTOS ANOS VOCÊ TEM ?
Tenho 26 anos bem vividos, só de bar profissionalmente são 6 anos.

O QUE TE ESTIMULOU A ENTRAR NA AREA DE BAR ?
Na época que conheci a coquetelaria era algo inovador, jogar garrafa fazer drinks coloridos e tudo mais. Trabalhando com serviços gerais via os Bartenders montando e sempre me perguntava como faziam aquilo. Até que ganhei o curso e me juntei a paixão por este estilo de vida.

ATUALMENTE, AONDE VOCÊ TRABALHA ?
Atualmente sou Bar Chef de um dos Pubs mais antigos e conceituado em Belém do Pará, o Kings Pub.

COMO É O MERCADO DE COQUETELARIA EM BELÉM ?
O mercado é novo na região, ainda engatinha, porém tem tudo pra crescer e dar certo. Só falta os grandes empresários arriscarem um pouco mais.

Fale um pouco mais sobre você ?
Trabalho com coquetelaria a 6 anos, nos quais já tive experiências nacionais e internacionais, gosto de criar e inovar. Afinal surpreender o cliente com bom gosto é a melhor gratificação, sempre busco conhecimento com amigos e parceiros de profissão. Não tenho medo de arriscar e quanto mais desafiador melhor.

Como funciona o projeto do Bar Book ?
O Projeto dessa editora virtual surgiu com a necessidade de conhecimento para quem tá iniciando e quem busca mais conhecimento. A ideia de publicar livros, revistas e traduções gratuitamente foi necessário. Porque ultimamente tem sido limitado o o acesso ao conhecimento.

Qual é a sua perspectiva para a Coquetelaria Nacional ?
A Coquetelaria Nacional tem tudo para crescer, temos uma vasta diversificação gastronômica que só terá mais sucesso ainda se esse conhecimento não se limitar.

E o que você diria para um Bartender que está começando na área ?
Para quem está começando, meta a cara e não deixe as decepções te derrubar, pois você tem tudo para dar certo.