13/01/2014

Contêineres se transformam em bar e restaurante nos EUA

Construído na cidade norte-americana de Durango, no Colorado, o bar e restaurante Container Restaurant é um exemplo de sustentabilidade e de aproveitamento de materiais na arquitetura. Assim, a estrutura é composta por dois contêineres reutilizados, que abrigam a cozinha e as mesas para os clientes. O espaço versátil conta com estratégias de iluminação e ventilação natural, que reduzem os gastos de energia do estabelecimento.
Inaugurado em agosto de 2013, o Container tem um cardápio que inclui pizzas e receitas de culinária contemporânea. Além da construção sustentável, o restaurante também leva a sustentabilidade à mesa – por meio de pratos com ingredientes simples – e dissemina mensagens contra o desperdício de alimentos. A página do estabelecimento no Facebook, por exemplo, carrega o lema “Por favor, coma com responsabilidade”, que evidencia a preocupação socioambiental do empreendimento.
Os dois contêineres foram instalados um acima do outro, anexos à face lateral de um edifício. O local possui estacionamento e o acesso às mesas do segundo andar é garantido por meio de uma escada. A parte superior dos contêineres foi planejada para se transformar num bar a céu aberto durante os dias quentes de verão, a fim de atrair um maior número de clientes.
O empreendimento sustentável faz parte da rede Ska Brewing, uma das maiores produtoras de cerveja do Colorado, nos EUA. Assim, os clientes do Container também podem desfrutar de uma grande carta de cervejas produzidas localmente, que inclui opções artesanais com sabores variados. Em novembro do ano passado, os responsáveis pela rede incentivaram os norte-americanos a doarem pares de tênis em bom estado para jovens atletas de comunidades fragilizadas da África – em troca, os participantes ganhavam uma cerveja exclusiva.
O número de projetos e construções com contêineres tem aumentado significativamente nos últimos anos. Com grande durabilidade e resistência, estas estruturas vêm sendo utilizadas para abrigar estabelecimentos comerciais – como uma pizzaria e um spa – e até mesmo um bairro, no México, totalmente construído com os contêineres de navio antigos.
Por Gabriel Felix - Redação CicloVivo